Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Quando era pequena seguidamente lia ou ouvia a pergunta: Se pudesse mudar algo em vc o que seria?
Lembro que sempre respondi que não mudaria nada, porque gostava de mim do jeito que era.
Mentira.
Se eu pudesse... ah.. se eu pudesse...
Fisicamente talvez trocaria meu cabelo, faria alguns pequenos ajustes.. mas as principais mudanças não seriam físicas. Eu queria aprender a controlar os sentimentos.
Quem consegue? 
Quem consegue não sentir raiva de alguém que a injustiçou?
Quem conseguiu gostar do menino que gostava de ti na época do colégio e deixar de lado aquele bonitinho que nem sabia que tu existia?
Quem consegue lidar com aquilo que pensa, sente, sofre, sonha...?
Eu não consigo.
E existe uma urgência em aprender. Não adianta dizer pra mim mesma: Não sinta ciúme sua idiota! Não funciona. Eu sinto. E ele dóóói, machuca, fere, tira a paz. O coração sente, o estômago também.
É mentira dizer que a gente se aceita plenamente. Sempre tem algo que poderia ser - ao menos um pouquinho -  melhor.
E o que resolve isso? Alguém aí tem uma boa sugestão??
Por hora, quero ler um livro, estudar, ficar longe do micro, e deixar passar.
Porque passa. Não com a mesma facilidade com que vem, nem com a mesma intensidade do quanto dói, mas passa...






"Descubro que meu egoísmo não é tão grande assim, pois dei ao outro o poder de me magoar."
(O Amor do Pequeno Príncipe - Antoine de Saint Exupéry)

2 comentários:

Pensamentos soltos disse...

ninguém se aceita plenamente, e isso parece ser ruim, mas não é, pense pelo lado que se você se aceitasse do jeito que você é você nunca iria mudar iria achar que sempre ta bom assim, e isso não é verdade a gente precisa não gostar de algo em nós para que possamos mudar e melhorar cada vez mais.
Beijos :)

giselaine alves ♫ disse...

Acho que todo mundo mudaria algo, independente da suposta perfeição que se está.

É característico do ser humano não estar satisfeito com a condição que se encontra, sua tendência sempre é mudar. *-*

Adoro seus textinhos :D

Um beijo *: