Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

terça-feira, 3 de maio de 2011


"...E assim,aos poucos, 
ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. 
A moça 
- que não era Capitu, mas também tem olhos de ressaca -
 levanta e segue em frente.
 Não por ser forte, e sim pelo contrário... 
por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, 
na sua alma, na sua essência.
 E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. 
Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo..." 

Caio Fernando Abreu

4 comentários:

Sam. disse...

Chorar não é feio, é força e natural...

tão eu esse trecho, adoro ele!

Um beijo, minha querida!

Juh Rangel°° disse...

BJo Dé!

Carolina disse...

oi querida, tudo bem?
a histórinha do chorão foi bacana, né?
obrigada pela visita, volte sempre...
um beijo

Nívea disse...

É assim mesmo com a "moça", com "Capitu" e conosco... E a vida segue... Dé! Amo teu Blog!