Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

segunda-feira, 20 de junho de 2011

"Amar é ter um pássaro pousado no dedo. 

Quem tem um pássaro pousado no dedo sabe que, 
a qualquer momento
ele pode voar

(Rubem Alves)

6 comentários:

Bento Sales disse...

Dé, realmente o amor é volátil, mas a capacidade de amar é infinita.

Abraços!

Dri disse...

Eu desejo vôo a voce.
Que voce levante um lindo e harmonioso vôo. Não se esqueça que o novo assusta, mas não se amedronte.Confie e siga.
Conte com minhas vibrações.

beijo

Meire disse...

Dé, por isso é que temos que alimentar esse pássaro, cuidar bem dele, senão ele voa mesmo!!

;) bjokitas

Alê disse...

Nào compreender isso, é correr o risco de fracassar no relacionamento,

gii . disse...

Não é comum ter passarinhos no dedo *-*

HAUSSAHUSAHU Beijocas, Dé

Dé Mattos disse...

Hahaha, não é comum mesmo Gi!!
Mas o amor, aquele verdadeiro mesmo - apesar de achar que sim - também não é tão comum assim.
Beeeijo