Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

terça-feira, 7 de junho de 2011




"Eu queria querer-te amar o amor
Construir-nos dulcíssima prisão
Encontrar a mais justa adequação
Tudo métrica e rima e nunca dor
Mas a vida é real e é de viés
E vê só que cilada o amor me armou
Eu te quero (e não queres) como sou
Não te quero (e não queres) como és"

(Caetano Veloso)

2 comentários:

Alê disse...

E por isso, exatamente, por não cabermos mais em nossas escolhas, nossas estradas tomaram outros rumos,

Thay Negrão disse...

Caetano é realmente um grande Poeta!!!!
Lindo...

Bjosss querida!