Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Confesso que ando muito cansado, sabe? Mas um cansaço diferente… um cansaço de não querer mais reclamar, de não querer pedir, de não fazer nada, de deixar as coisas acontecerem. Confesso que às vezes me dão umas crises de choro que parecem não parar, um medo e ao mesmo tempo uma certeza de tudo que quero ser, que quero fazer. Confesso que você estava em todos esses meus planos, mas eu sinto que as coisas vão escorrendo entre meus dedos, se derramando, não me pertecendo.Estou realmente cansado.Cansado e cansado de ser mar agitado, de ser tempestade… quero ser mar calmo. Preciso de segurança, de amor, de compreensão, de atenção, de alguém que sente comigo e fale: “Calma, eu estou com você e vou te proteger! Nós vamos ser fortes juntos, juntos, juntos.” Confesso que preciso de sorrisos, abraços, chocolates, bons filmes, paciência e coisas desse tipo. Confesso, confesso, confesso...”
(Caio Fernando Abreu)

7 comentários:

Claire disse...

Esqueci..assim que der postarei o desafio.Mto obrigada *--*

Meire disse...

Dé querida, eu acho que sou sortuda demais porque quando me sinto cansada assim e me recolho no meu mundinho vem alguém me estende a mão e eu me lembro que Deus é bom demais da conta e que apesar das pedras no caminho existem mais flores!!!!
Se vc estiver se sentindo cansada assim olha para o lado tem sempre uma alma cheirosa por perto ;) bjokitas com master carinho pra ti!

AquilesMarchel disse...

caio perfeito
acabei de postar ele também,

Sam. disse...

Dé, esse é o cansaço que Deus espera para poder agir na nossa vida. Quando paramos de nos debater, de gritar, qdo nos acalmamos. Ele sabe que não adianta falar com a gente nesses períodos de tempestade que não vamos ouvir, por isso é tão necessário o recolhimento, a calma, o entregar nas mãos dEle e de lá não mais tirar.

Te desejo sempre, sorrisos, abraços, bons filmes, chocolates, muita paciência e todo amor que couber nessa vida!

Um beijo, amadinha de Sam!

C. disse...

Ahhh Dézinha, que dizer depois do que a Sam-zinha disse? É dispensável.

Abracao de urso pro cê!

# Nao achei o desafio que você disse tinha pra mim, maninha, cadê?

Bento Sales disse...

Dé, há momentos que estamos cansados de guerra e queremos somente amizade, paz e amor.

Obrigado pela lembrança me indicando para o "desafio literário", mais adiante, eu postarei.
Gostei de sua predileção literária.

Abraços, querida!

Alê disse...

Dé,

Há de passar,
Dê colo ao seu coração,
Confie no tempo e no amor de Deus, e nunca deixe de acreditar em Vc,

Que bons ventos te toquem, amém,


Bjossssssssss