Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

sexta-feira, 29 de julho de 2011


O verde das folhas
As árvores verdes
O verde dos olhos dele

       O amarelo do sol
       O Girasol amarelo
       O amarelo do cabelo dele

             O azul do céu
             A paz do mar azul
             O azul da camisa dele

                    O vermelho do sangue
                    Meu carro vermelho
                    O vermelho da boca dele

                                  O ar, a terra, a água e o fogo
                                  A cor, o cheiro, o gosto e o sopro
                                  As coisas, as pessoas, da cama ao jogo

                                              Tudo resplandece por causa do amor
                                              Que eu recebo e dou
                                              A ele!

[Débora Mattos]

19 comentários:

Ma Ferreira disse...

Dé!

Que lindo!!!

Quando a gnte ama, tudo faz lembrar a pssoa amada. Lindo isso.

Um beijinho..

Ma

Rosane - Mãe da Princesinha Anne Caroline disse...

Aí amiga, quanta delicadeza em apenas um ser... tens q te orgulhar mto de todo esse requinte pessoal q Deus te presenteou!
Lindo Poema, sinto que nasce uma poetiza, linda, a mais bela, de corpo, alma e coração!
Tá lindãoooo, espero que seja o primeiro de muitos de tua autoria que tu nos presenteie no teu blog!
Te amo amiga, apesar dos nossos atuais desencontros tu és a minha amiga de fé, irmã, camarada!

Dé Mattos disse...

Ai que coisa mais boa ler isso logo de manhã!
Não postei antes de ter o teu aval! Hahaha!
Tb te amo amiga, e é muitããão!

Maíra Cintra disse...

Perfeito! Tudo perfeito!
Sem palavras. Está marcado para postar no meu cantinho! hehe

AquilesMarchel disse...

lindo romantico
precisamos disso
nucna masi recdebi suas visitas

exijo!!!
rs bjão

Alê disse...

Dé,

Coisa mais linda declarar poeticamente o amor,

Ficou fantástico,


bjs

Rô... disse...

oi Dé,

as cores do amor,
são muito mais intensas
e muito mais brilhantes,
elas se misturam num lindo
arco-íris...

parabéns minha linda,
lindo poema!!!
beijinhos

QUIM disse...

Não conhecia..boa escolha..tudo resplandece do amor..bj querida...um lindo dia.

Meire disse...

Dé, as cores ficam mais lindas quando se tem amor. Tudo é lindo demais da conta! :)

bjokitas pra tu!

allmylife disse...

Adorei seu blog.. o banner está ótimo..adoro o Pequeno príncipe..
bom final de semana p vc =)

MARILENE disse...

Quanta sensibilidade e afeto em seu poema! As pessoas amadas são assim, nos trazem sol, cor, som... e vida.

Bjs.

Valdicéia Mendonça disse...

Olha eu aqui, minha amiga!
Quanto tempo que não venho no seu cantinho, mas é que as coisas não estão muito boas pra mim, tenho estado muito, muito triste, tenho até tentado postar ou comentar, mas me falta força. Estou em uma fase muito ruim, tomara que tudo dê certo logo.
Desculpe pela ausência viu?
Ore por mim!!!
Beijo no seu coração!!!
Te amo, minha linda!!!
Obrigada pelo carinho de sempre!!!

Janaína de Souza Roberto disse...

Vi um arco-íris de sentimentos no seu escrito! Que beleza!

♪ Sil disse...

Tem coisa mais lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaa do que ver um amor que ama??

Que seja eterno Dé!

Te amooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo!

Carolzinha disse...

Débora! Que coisa mais LINDA! AMEI DEMAIS! É preciso sentir muuitoo pra escrever um poema desse!
Até li aqui pro pessoal aqui de casa!
Parabéns!!

C. disse...

Linda composição, maninha, de tudo um pouquinho, e sempre tudo do melhor!

Beijos grandesssss

C. disse...

E falando em composição, você foi quem mais chegou perto, ou diria, quem mais assimilou meu post "Qual a pessoa mais louca que conheço?". Demonstra bastante percepção, maninha! :)

Sam. disse...

eita como tô gostando dessa poetinha Dé Mattos... anda arrasando por aqui em textos e prosas...
quero maaaaaaiiiiisss!
que inspiração não te falte nunca guriazinha linda... pra continuar nos enchendo os olhos por aqui...

Um beijoooooo!
bom final de semana!
=]

Severa Cabral(escritora) disse...

Minha bochechinha linda!

O verde das folhas
As árvores verdes
O verde dos olhos dele

O amarelo do sol
O Girasol amarelo
O amarelo do cabelo dele

O azul do céu
A paz do mar azul
O azul da camisa dele

O vermelho do sangue
Meu carro vermelho
O vermelho da boca dele

O ar, a terra, a água e o fogo
A cor, o cheiro, o gosto e o sopro
As coisas, as pessoas,da cama ao jogo

Tudo resplandece
por causa do do amor Que eu recebo e dou a ele!

[Débora Mattos]
Muito lindo sua maneira de poetar...continue escrevendo,mas escreva muito,tudo que vier na sua cabeça,esse é o segredo para quem quer ser um escritor.
Que nome vai ganhar sua poesia?
Eu daria o nome;
MINHAS CORES !
Depois me mande dizer que nome ganhou,ok?