Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

domingo, 31 de julho de 2011


Para trás,

não há paz.


(Guimarães Rosa)

2 comentários:

♪ Sil disse...

Porque muitas vezes qdo a gente olha pra trás, faz com que volte muitas feridas.
Tem que andar pra frente.
Mesmo que fiquem as cicatrizes!


Amooooooooooooooo-te!

C. disse...

Eu gosto de olhar pra trás visualizar as coisas boas só, as ruins nem trago pra frente.