Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012



‎"Há algo em mim que me salva de mim.[...] 
Que não me deixa esquecer que continuo a ter asas, mesmo quando eu não voo"

[Ana Jacomo]

5 comentários:

QUIM disse...

isso existe em mim tambem..bj querida..se cuida viu..te adoro.

QUIM disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!
Foi um grande prazer conhecer seu blog.Aproveito meu tempo para navegar e ler textos e poemas feitos por pessoas que gostam de escrever.
Que bom que você é uma delas.
Grande abraço
se cuida

Rô... disse...

oi Dé,

em mim também encontro essas asas,
pena que as vezes estão recolhidas...

beijinhos
saudades

Nayara Maranthya disse...

Linda pistagem Dê. Você e seu bom gosto. Amo o seu recanto, sempre estou por aqui.

Beijo da Nay ;**
http://simpleseeinefavel.blogspot.com/