Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Estréia!!!

Entããão.. eis aqui o meu blog!
Já faz algum tempinho que estava querendo criar um, mas agora decidi fazê-lo, porque temos tanta coisa boa para partilhar e as vezes não há espaços para fazer isso.

Hoje especialmente, quero falar sobre a forma como as coisas acontecem na vida da gente. Eu sempre desejei ir no Fórum Social Mundial, mas estava achando que não iria rolar nesse ano, e por isso nem fui muito atrás de nada. De repente, num dia comum, uma amiga de Viamão me pergunta no MSN: "Dé, tu não vem pro Fórum?", e eu digo que não, porque nem teria onde dormir. E ela responde um simples "Ah, fica aqui em casa, é pequenininho mas cabe!!". Como dizem por aí, acho que nesse momento passou um anjo e disse amém, ou disse "vai"!!! Fui perguntar ao meu 'chefe' se teria problema de eu sair uma semana antes em férias para poder participar, e ele disse que não mesmo, e que inclusive sairia um ônibus da prefeitura com jovens representantes de várias entidades, e tinha três vagas para a Igreja Católica. Bom, uma delas é minha!!
O melhor disso, é que por ocasião de um encontro preparatório para o FSM, que vai acontecer amanhã, eu descobri jovens que fazem muita coisa para melhorar a sociedade em que vivemos. Percebi jovens engajados em lutas reais, concretas, buscando fazer a diferença. E me fiz parte disso.
Hoje me sinto muito feliz e com um sentimento de que agora sim eu estou vivendo aquilo que sempre acreditei de um jovem militante da Pastoral da Juventude: através da fé, estar empenhada na construção de um mundo melhor. Passou a fase de estar apenas sentada numa sala, refletindo. Foi essencial, mas a hora de dar um passo além chegou.
Agradeço a Deus, que coloca as pessoas certas no momento certo na vida da gente.

É preciso desenvolver ao máximo a sensibilidade, até sentir-se angustiado quando se assassina uma pessoa em qualquer lugar do mundo, e para sentir-se entusiasmado quando, em algum lugar do mundo se alça uma nova bandeira de liberdade" (Che Guevara)

2 comentários:

Juh° disse...

Dé querida *-*
Sabes que te adoro muito né:?
Eu sei e tu sabes: o que realmente importa é o que não se pode ver!
Sinto-me triste por não poder fazer mais nda na luta pela juventude, por conseqüência do tempo,mas sempre que podemos, devemos fazer, e fico feliz de uma amiga tão querida faça isso!!!
Estarei sempre aqui se precisares!
BjO =*

By Juh Rangel°

gleciosantosrodrigues disse...

Oi Débora...Achei teu blog e fiquei muito contente com o que tu escreveu...Me senti contemplado nas tuas palavras e tenhas certeza de que terás na minha pessoa, alguém que vai estar junto nessa eterna luta por um mundo melhor, ao lado daqueles que sonham em construir mais igualdade, fraternidade e paz. Parabens mais uma vez e que Deus ilumine teu caminho. Bjs do Glécio_CRI_PM_Bagé