Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

terça-feira, 6 de julho de 2010

“Sobra tanta falta de paciência que me desespera” (Teatro Mágico)

          Esperei quase dois meses para poder consultar de novo, apenas para o médico me dar um papelzinho com o nome do remédio. Aff!
          A pior parte foi quando cheguei na farmácia para comprar. “ - De 15 ou de 30 cápsulas?”, “ – De 30, ele mandou eu tomar um por dia durante um mês. Quanto custa?”, “ – Setenta e dois reais”. Minha resposta foi um “ Meu Deus, tudo isso?”.
          Resumindo: não comprei o remédio, mas o vô disse que vai comprar pra mim. Ao menos a primeira caixa. Tenho que tomar uma, se melhorar tomo mais duas e volto lá, se não no final da primeira já tenho q retornar.

          Mas enfim.. Bom, ele disse que eu tenho uma disfunção mamária, e que apenas os remédios vão melhorando isso. Segundo ele não se opera cistos. Quando eu fizer a nova eco, se os cistos tiverem aumentado de tamanho ele suga com uma seringa, e pronto, eles vão murchar e diminuir. Ele disse que isso é uma característica da minha mama. Que eles tanto podem sumir como podem aumentar, e que será assim a vida inteira. Mas falou q eu não preciso me preocupar muito, que seguirei apenas monitorando.
        Então ta né.. vou começar a tomar o remédio e vamos ver se uma caixinha só resolve. Preciso vender mais meus biscuits, o dinheirinho deles é que vai me ajudar (quem quiser comprar.. vamos lá... hehehe)

         Ando um tanto sem paciência. Ta certo, deve ser TPM, nessa época minha tolerância se vai pelo ralo. Mas muitas coisas me irritam e cansam. Não gosto q venham me falar duas vezes a mesma coisa. Me cansa ver pessoas mexerem naquilo que não é de seu interesse. Me cansa lidar com pessoas com quem tu não tem liberdade porque parece q tudo o que tu fala é ruim, errado ou idiota.
         A paciência, realmente, não tem me acompanhado!
         PS: Acabei a colheitadeira e estou fazendo os noivos agora. Quando tudo estiver pronto posto uma foto aqui.


3 comentários:

Docy Girl disse...

Tá lindão teu blog amiga.. bjuuuu

Rosane - Mãe da Princesinha Anne Caroline disse...

Querida, é assim mesmo, em seguida isso passa, tudo são épocas, momentos, fases...eu já estive bem depressiva há uns meses atrás. Mesmo tendo o meu melhor e maior presente junto de mim tinha algo ruim que me deprimia cada vez mais e mais. Hj estou livre disso e me sinto muito bem, claro que não sou a rainha da paciencia (principalmente com os mto próximos) mas tenho me sentido feliz e em paz! Tenho meus problemas, mas hj eles são tão pequenos... acho q é pq entreguei eles à Deus. Uma hora chega a nossa hora! FICA EM PAZ! Tudo passa...o bom e o ruim tbm. bjossss

Rodrigo disse...

Olá, Débora!

Gostei do teu blog, mostra um lado sensível de ti, "oqtempordentro" mesmo. (rsrs)

Mas não curti muito este papo de "não comprar remédio", aiaiai, é terapia, como teus avós mesmo devem ter falado: "é pro teu próprio bem!"

Qualquer coisa manda alguns biscuits aqui pra POA!

hahah

Abraço!