Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Quando vai dando assim, tipo umas onze da noite, o horário que a gente se procurava só pra saber que dá pra terminar o dia sentindo algum conforto. Quando vai chegando esse horário, eu nem sei. É tão estranho ter algo pra fugir de tudo e, de repente, precisar principalmente fugir desse algo. E daí se vai pra onde?
(Tati Bernardi)

3 comentários:

AquilesMarchel disse...

E daí se vai pra onde?

Alê disse...

Não descobri até hoje... E já fazem anos...

Não sei Déh, e dói!

нєllєи Cαяoliиє disse...

E daí se vai pra onde?
Quem descobrir,que nos digam,pois é difícil!rs
Lindo esse pensamento da Tati,lindo porém triste,não conhecia este!
Dé,seu espaço é um encanto,adorei poder vir retribuir sua visita!
Obrigada por ela,e sem dúvida estarei aqui sempre também.
Beijos com carinho!