Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

terça-feira, 26 de julho de 2011

Viver
Palavra tão simples e tão cheia de significados. E a maioria deles desconhecidos para nós.
Tenho pensando em quanto tempo perdemos com coisas pequenas. Com brigas, tristezas, mágoas, afastamentos. E a vida da gente é tão curta... nunca sabemos o dia de amanhã.
Por vezes somos muito egoístas e mesquinhos em nossas dores. Parece que nada tem mais solução, que nossos problemas são os maiores do mundo. Não são. Nunca são.
Quando – numa enchente - minha casa foi invadida pela água, vi minha vó chorando vendo a marca na parede e a destruição de muitas coisas, mas consegui dizer: a gente vai reorganizar tudo. Tem gente que perdeu mais. E tinha. Gente que perdeu tudo.

É triste brigar com um amigo, com um amor. É triste não conseguir uma promoção. É triste ser deixada de lado. É triste a sensação de esquecimento, de abandono. São muitas as tristezas que carregamos, mas elas não podem definir tudo que somos ou nos tornamos.
Hoje eu digo que triste mesmo é ver alguém lutando pela vida sem conseguir respostas. Triste é ver uma mulher envelhecendo, emagrecendo, sofrendo. Triste é ver uma criança de 12 anos chorando pelas dores da mãe. Triste é ver a vida de alguém querido escorrendo pelos dedos e não conseguir fazer nada. Triste é ver as lágrimas correrem numa face tão dolorida, enquanto os lábios dizem “estou na luta, não vou desistir”. 
É triste. Acreditem. Muito triste.

Que a gente possa valorizar mais e mais a nossa vida.
Que a gente saiba amar quem está perto da gente.
Que a gente saiba dar valor às pequenas coisas do dia-a-dia.
Que a gente entenda que viver é uma tarefa grandiosa, uma missão linda e única, sem tempo para retornos, sem borrachas. As folhas que não escrevemos ficarão em branco e não podemos voltar atrás para preenchê-las.
Que a gente saiba simplesmente viver.


Diga HOJE que ama.
Faça HOJE o bem.
Dê um abraço HOJE.
Perdoe HOJE.
Seja feliz hoje, agora.





Meu amor, 
        meu carinho, 
                 minha presença,
                            minha força.

Lutando juntas contra a leucemia.

14 comentários:

Sil disse...

Minha linda... Que depoimento emocionante... Tudo isso é muita verdade... muita... Já vivi um momento assim, e eu sei o quanto é triste certas coisas... mas acredite parecem não existir respostas, mas elas existem... e Deus sabe o que faz... Temos que ter fé...
Muito lindo seu blog, vou segui-la!!
Um bjo no coração

Paula Moraes disse...

Oi Dé, lindo post, cheio de emoção e sensibilidade, como é bom saber dar valor a nossa vida, tantas pessoas no mundo não tem nem como chamar de vida o que acontece com ela...=/
Boa sorte na luta, com fé e amor, tudo fica mais fácil, torço por vcs.
Bjs

MARILENE disse...

Mais triste que o sentimento é se deixar levar por ele. Há lutas realmente muito sofridas, mas se pensarmos que qualquer um pode cair, repentinamente, talvez encontremos mais forças na trajetória. Sei que é fácil dizer palavras de estímulo a quem enfrenta situações tão delicadas. Mas o amor é o melhor conselheiro e o único capaz de dar essa força e ajudar a manter o tão indispensável equilíbrio. Esse amor é fortalecido pela fé, porque incondicional é o que vem de Deus.

Bjs. Você postou coragem e amor.

QUIM disse...

Dé...Que essa luta seja um inicío de uma grande vitória...aqui torcendo e contorcendo....vamo que vamo...vencer sempre..bj e bom dia....

Alê disse...

Dé,

Que maneira carinhosa de dar fé,


Me emocionei aqui!



Força a Vcs,


bjkas

Rô... disse...

oi Dé,

que postagem mais emocionante,
e acredite minha querida,
quando a gente decide lutar por algo,
a vitória já está escrita,
Deus é poderoso,
e só Ele sabe o que nos pertence...
estou unida a você em oração,
o que precisar, sabe onde estou...

estou aqui rezando e torcendo demais...
beijinhos,querida!

AquilesMarchel disse...

voce é otimista

isso é bom
viu
adoro te ler bjão

Severa Cabral(escritora) disse...

minha doce e encantadora menina!
Sempre acreditei em vc,e vc sabe disso desde o primeiro dia que nos tornamos amigas...sua força moverá tudo que desejas...aplausos sempre...
Bjsssssssss

*Jéssica Marques* disse...

Realmente minha linda, como perdemos tempo com coisas supérfluas, quando a nosso redor existem muitas outras que merecem nossa atenção!

Torço por vocês!
E qualquer coisa, conte comigo viu?
Beijão!
Te adoro!

Sam. disse...

e quanto mais leve se torna uma luta qdo temos alguém que podemos contar ao nosso lado, sem nos deixar fraquejar, nem desistir...

Que palavras lindas, Dé...
a vida é mesmo tão frágil... tão rara...
É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã já dizia Renato Russo... e é uma pena tantos cantarem essa música, sem saber o que ela significa...

Força e fé para as duas!

Um beijo, lindeza!

C. disse...

Maninha, essa é aquela sua amiga?
Tomara que ela tenha lido, palavras que surtiriam mais efeito de amor nela, e principalmente de coragem.
Foi muito certo o que você disse sobre "tristeza é ver alguém que amamos sofrer". Ficamos de maos atadas, nesse caso, podendo apenas tentar converter em esperança esse sofrimento, como você fez lindamente nesse post.
Adoro quando você deixa sua veia de escritora falar por você!

Bons sonhos, amiga!

Dri disse...

Juntos se é mais.

Em oração estou com voces.
A Vera esta em minhas orações como se ja a conhecesse.

Beijo

♪ Sil disse...

Lutar junto com você, é dádiva, é benção de Deus Dé.

Que a cura se faça, meu Deus!!!

(Rezo daqui)


Carolzinha disse...

Emocionada! É verdade, viu? Muitas vezes somos egoístas mesmo...
Achei linda a sua postura diante desses problemas. Deus lhe abençõe, viu? Lhe dê forças, lhe proteja e lhe guie pelo melhor caminho. Lute com toda a sua força!!
Um beijo enorme, Dé!