Quem sou eu

Minha foto
"Aceitar-me plenamente? É uma violentação de minha vida. Cada mudança, cada projeto novo causa espanto: meu coração está espantado. É por isso que toda minha palavra tem um coração onde circula sangue" (Um sopro de vida - Clarice Lispector)

domingo, 20 de maio de 2012






"Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?
amar e esquecer, amar e malamar,
amar, desamar, amar?
sempre, e até de olhos vidrados, amar?"


(Amar - Carlos Drummond de Andrade)

5 comentários:

JAN disse...

Dé, saudades de você, mas...
"Que pode uma criatura senão,
entre criaturas, amar?"
;-)

Abração
Jan

Rô... disse...

oi Dé,

lindo,
amar é tudo...
muito sábio Drummond,
e você por escolher...

beijinhos
saudades

Gizelle disse...

Amar,amor,amarGura...
O que nos resta nessa vida é viver de amor ♥

Ana Andreolli disse...

o sentido da vida já foi respondido, com amor.

Patrícia Oliveira ♥ disse...

"Que a cada manhã a sua coragem acorde bem juntinho de você, sorria pra você, e o convide para viverem uma história toda nova, apesar do cenário aparentemente costumeiro."

Caio Fernando Abreu


...Que lindo este cantinho!!
adorei aqui, e com certeza ficarei :)

estou seguindo..
retribui??

beijos
http://momentosdapathy.blogspot.com.br